SEM INTERNET: Unidades judiciárias de Imperatriz estão sem acesso à internet

O prédio onde funcionam o Juizado Especial Criminal, a Turma Recursal Cível e Criminal e a Vara da Infância e da Juventude da Comarca de Imperatriz está sem acesso à internet. Como consequência, as unidades ficam impedidas de acessar sistemas e o atendimento às partes e advogados ficam comprometidos.

Segundo informações das unidades, o problema decorre do rompimento da fibra óptica, estrutura de cabos da operadora prestadora de serviços responsável pelo fluxo de dados que trafegam na rede mundial de computadores.

Tribunal de Justiça e Corregedoria Geral da Justiça já foram devidamente comunicados. Embora sem previsão para normalização dos serviços, a operadora de telefonia Oi, responsável pela rede óptica, já foi acionada e está trabalhando na realização do reparo.

O prédio no qual as unidades judiciárias funcionam fica localizado na Rua Arturus, s/nº, Parque Senharol (ao lado da Faculdade FACIMP Wyden).

Fernando Souza
Assessoria de Comunicação da Corregedoria
Corregedoria Geral da Justiça do Maranhão

Deixe uma resposta