Que moral tem Erlânio Xavier, que já foi preso e usou tornozeleira eletrônica, para atacar o governador em exercício, Carlos Brandão?

Erlânio Xavier já foi preso em um bar da Avenida Litorânea e chegou a usar tornozeleira eletrônica

Em entrevista como candidato ao cargo de presidente da FAMEM, Erlânio Xavier (PDT) tentou afrontar Carlos Brandão (Republicanos), governador em exercício do Maranhão ao dizer que ele deve trabalhar pelo estado, em vez de se preocupar com a eleição da FAMEM. “O líder do meu partido é o senador Weverton, o senador Weverton enquanto ele está em férias, outros, o Josemar de Maranhãozinho e o vice-governador Carlos Brandão, estão aí fazendo campanha”, e disse ainda “o vice-governador podia tá cuidando do Maranhão, e não tá chamando prefeito no Palácio. Vamos cuidar do estado vice-governador?”, disse Erlânio Xavier, candidato a Presidente da FAMEM.

Erlânio Xavier, esquece que foi exatamente um consenso político que o levou à Presidência da FAMEM na última eleição, onde o governador Flávio Dino, na noite anterior à eleição, em conversas políticas dialogou para que ele fosse o nome de consenso naquele contexto. Digamos que Erlânio agora, vendo-se acuado, tenta atacar politicamente outros políticos que estão fazendo o que se deve fazer em período de campanha, buscar apoios e dialogar com forças políticas.

Aliás, em vez de estar de férias, como o próprio Erlânio Xavier afirma, Weverton Rocha (PDT), parece não estar nem um pouco preocupado com ele, afinal, o Presidente da FAMEM, precisa de um bom trânsito com o governo, deputados federais e senadores.

Fábio Gentil está buscando todas as possibilidades que a política é capaz de permitir. O gestor caxiense tem conversado com diferentes forças políticas, até mesmo do partido de Erlânio Xavier, demonstrando que tem uma candidatura forte, e que não será fácil, como imaginou Erlânio que ele vai conseguir a reeleição, como disse que seria fácil. Afinal, Fábio Gentil, só aumenta a quantidade de apoios. Na última entrevista que concedeu, Fábio Gentil (Republicanos) afirmou que já conta com mais de 100 prefeitos e já tem o número suficiente para se eleger.

Carlos Brandão (Republicanos) faz uma parceria política importante no estado do Maranhão e tem dito que apoia Fábio Gentil (Republicanos) para a Presidência da FAMEM. Além de ter assumido o comando do estado nesse início de janeiro de 2021, ele é uma ótima relação política para o próximo Presidente da FAMEM. O que Fábio Gentil está fazendo ao buscar este apoio importante, de alguém que é do seu partido, mas para além disso, é o vice-governador, e agora, governador em exercício, é fazendo política. E, diga-se de passagem, a boa política, política de agregação.

Mau exemplo

Erlânio Xavier foi autuado pela Polícia Federal por crime de desobediência

Erlânio Xavier foi autuado pela Polícia Federal por crime
de desobediência

Erlânio Xavier tenta constranger Carlos Brandão, mas tem um passado político que não lhe permite sequer ser um exemplo aos políticos do estado. Amigos mais próximos dizem que ele faltou praticamente 1 ano das dependências da FAMEM, ele nega, dizendo que foram apenas 4 meses.

Mas isso só não basta, Erlânio também tem passagens na vida pública capazes de deixar os prefeitos, no mínimo, com o pé atrás, e talvez por isso a candidatura de Fábio Gentil à presidência da FAMEM seja tão importante.

Em 2012, o então vice-prefeito de Igarapé Grande, Erlânio Xavier foi preso enquanto bebia com amigos em um bar na Avenida Litorânea em São Luís. Ele foi um dos arrolados na operação Alien, envolvendo a prefeita afastada de Paço do Lumiar Bia Venâncio, ex-secretários e empresários acusados do desvio de uma quantia de aproximadamente 15 milhões de reais de recursos da saúde.

Na ocasião Erlânio Xavier estava sendo monitorado pela justiça e usava tornozeleira eletrônica, o que permitiu a localização exata do indivíduo. E, a justiça entendeu que ele descumpriu as medidas cautelares impostas pelo judiciário que deu ordem para que ele ficasse em casa no período noturno e nos dias de folga. Em vez de estar em casa, ele estava numa Pousada Chalé, no bairro Olho D’Água. Na ocasião ele foi preso por agentes federais e conduzido à Superintendência Regional da Polícia Federal, em São Luís, onde foi autuado por crime de DESOBEDIÊNCIA.

Alguém com uma passagem desse naipe na vida pública tem algum moral para dizer ao vice-governador o que ele tem que fazer. Carlos Brandão assumiu o posto mais importante do estado neste início de 2021, mas ao lado de Flávio Dino, já está desenvolvendo ações importantes pelo estado. Ao tentar desqualificar o vice-governador , e, agora, governador em exercício, Erlânio dá um tiro no pé e queima cartuchos políticos importantes. Com isso, ele entrega a vitória a Fábio Gentil, que está construindo com muita habilidade boas relações com prefeitos e prefeitas em todo o estado.

Na íntegra por Daniel Matos 

1 pensou em “Que moral tem Erlânio Xavier, que já foi preso e usou tornozeleira eletrônica, para atacar o governador em exercício, Carlos Brandão?

Deixe uma resposta