Prefeita de Paço do Lumiar poderá apoiar Roberto Rocha em 2022

Prefeita Paula Azevedo, Roberto Rocha (Senador) e Inaldo Pereira (Vice prefeito)

A ida de Inaldo Pereira (PSDB) para a chapa de Paula Azevedo (PCdoB), só aconteceu devido acordo firmado para 2022. Segundo o que nossa equipe apurou, para unir PCdoB e PSDB foi preciso Inaldo e Paula sentarem de testa com o Senador Roberto Rocha e fecharem apoio ao senador para o cargo de Governador do Estado do Maranhão. Inicialmente, Roberto Rocha estaria com o pé atrás com tal apoio, pois, Paula íntegra a área comunista e conflita diretamente com o eleitorado de Roberto Rocha, quem pretende se lançar governador do estado do Maranhão, com o apoio do Presidente da República Jair Messias Bolsonaro (sem partido).

Outra coisa importante é chamar a atenção do Governador Flavio Dino (PCdoB) e fazer a seguinte pergunta: será que ele está sabendo que prefeita da sua base política possivelmente irá apoiar candidato de Bolsonaro?

Portanto, humildemente faço a seguinte leitura: É óbvio que a prefeita Paula Azevedo não irá cumprir o acordo de apoiar Roberto Rocha em 2022 e já deu o primeiro passo isolando o seu vice Inaldo Pereira, o grande articulador desse acordo. Entretanto, caso a prefeita em questão vire a casaca é provável que aconteça somente após a saída do Governador Flavio Dino, pois, anunciar apoio prematuramente faria com que o Estado deixasse de lado alguns convênios que estão em andamento no município.

Uma coisa é certa, com a união de Paula e Inaldo, fez com que o Senador Roberto Rocha entrasse com um requerimento para tomar o partido de Inaldo, além de expulsa-lo do partido e tão logo após participarem da reunião, o senador retirou o requerimento de expulsão e Inaldo Pereira disputou eleição concorrendo ao cargo de vice prefeito com a legenda e aval de Roberto Rocha.

Contudo, a dúvida ficando ar…

MATÉRIA: Moreira Neto

EDIÇÃO: Mário Filho

Deixe uma resposta