POLÍCIA FEDERAL: JOSIMAR DE MARANHÃOZINHO É ALVO DA PF E TEM BENS BLOQUEADOS PELA JUSTIÇA

Dep. Federal Josimar de Maranhãozinho (PL-MA)

Hoje pela manhã, o Programa Bom Dia Brasil, exibiu uma reportagem que de certa forma deixa o deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL) de saia justa. Foi encontrado em um de seus escritórios em São Luís – MA,  vários pacotes de dinheiro que supostamente seriam referentes à emendas parlamentares com prefeituras e empresas ligadas ao deputado na ordem de R$ 15 milhões.

Dinheiro em espécie encontrado no escritório do Dep. Federal Josimar de Maranhanhãozinho (PL-MA)

Segundo operação “DESCALABRO” (nome dado em função do enorme prejuízo aos cofres públicos em plena pandemia) deflagrada pela Polícia Federal, o dinheiro pode ser proveniente de recursos federais para o uso no combate ao corona vírus que foram desviados com o intuito de bancar campanhas eleitorais de prefeitos ligados ao deputado que tem em um de seus projetos, sentar na cadeira do executivo estadual do maranhão.

Até então, já foi autorizado 27 mandados de busca e apreensão em São Luís-MA, e em vários municípios ligados ao deputado Maranhãozinho. Seus bens na ordem de 6milhões de reais já estão bloqueados pela justiça e estima-se que de abril a dezembro tenha sido desviado a quantia de 15milhões de reais pelo deputado que segundo investigações preliminares dão conta que o mesmo firmava vários contratos fictícios com empresas de fachada pertencentes ou ligados ao deputado, e posteriormente eram feitos saques aonde pessoas dessas empresas iriam ao escritório do deputado e deixavam em espécie quantias volumosas de dinheiro. Vários áudios e vídeos que supostamente poderão comprovar o ato ilícito, estão em poder da operação DESCALABRO, composta por 98 policiais federais.

Caso seja confirmada a ação ilícita do deputado, as penas podem somar 34 anos de prisão. O ministro Ricardo Lewandowski que autorizou o bloqueio dos bens do deputado, bem como outras medidas diversas.

 

Deixe uma resposta