PAÇO DO LUMIAR: Vereador Jorge Brito fica na Geladeira mais uma vez e três novatos são diplomados pelo PL

Candidatos que eram favoritos que disputaram as eleições pelo Partido Liberal (PL).

Conforme já falamos, estamos abordando matérias que foram publicadas em nosso blog muito antes das eleições, aonde fizemos uma breve análise sobre o possível cenário de eleitos por partido e em quase todas as nossas citações, acertamos.

Lembro que as postagens com os “possíveis eleitos” gerou muita confusão e recebemos inclusive o título de louco. Enfim, continuamos a fazer nosso trabalho e as pressões foram tão grandes a cerca do assunto que acabamos decidindo não postar de todos os partidos nossa análise. Entretanto, as que foram postadas, estamos relembrando aos nossos leitores e aos críticos que tanto nos julgaram.

Falamos no dia 05/08/2020 que o Partido Liberal (PL) elegeria 4 vereadores e citamos sete nomes (que estariam na briga pelas 4 vagas) sendo que um seria reconduzido ao cargo, no caso, o Ver. Jorge Brito, pelo fato de ter sido o mais bem votado das eleições de 2016 com 1.230 votos, porém, ficou só na promessa e amargou mais uma derrota, obtendo apenas 508 votos, menos da metade da eleição passada. Vale Salientar que o Jorge Brito já disputou 6 eleições para  cargo de vereador, vejam a trajetória:

Print Extraído pelo divulgacand, se houver outra eleição que o candidato tenha participado não consta no TSE.

 

 

Ano 2000: Partido: PMDB Resultado: Eleito com 509 votos (não consta no print, porém confirmado no google e no portal detalhado do TSE em “eleições anteriores”
Ano 2004: Partido: PDT Resultado: Reeleito com 789 votos  
Ano: 2008 Partido: PTB Resultado: Suplente;
Ano: 2012 Partido: PSC Resultado: Eleito por Média com 587 votos; 
Ano: 2016 Partido: PSDB Resultado: Reeleito sendo o mais votado com 1.230 votos; 
Ano: 2020 Partido: PL Resultado: derrotado com apenas 508 votos.

Enfim, nessa humilde análise, quase acertamos em sua totalidade, pois, após a apuração dos votos o vereador citado acima não conseguiu lograr êxito e foi para a geladeira. Contudo, ao invés de 4 vereadores eleitos (conforme havia falado), foram eleitos 3, isso mesmo, três vereadores novatos, ou seja, a análise foi coerente, apesar das criticas.

No PL haviam propostas de candidatos favoritos como Éder Alencar e infelizmente baixou muito sua votação da eleição passada para esta tirando apenas 429 votos. Acrysio Botão teve sua candidatura indeferida e por conta disso renunciou e indicou Neto Botão que disputou pelo partido Avante e pontuou com 430 votos. Já Dr. Fabricio, vindo de fora, pela primeira vez candidato, ainda pontuou com 459 votos e também ficou na geladeira.

Os campões de votos do partido foram Mary do Mojó com 719 votos, a mais votada do PL, em seguida Rafael Neves com 648 votos e por fim Bianca Mendes com 641 votos. Todos os 3 eleitos pela primeira vez, tirando a vaga daqueles que estavam com o mandato na mão e não fizeram nada de tão relevante para garantir a reeleição.

MATÉRIA: Moreira Neto 
EDIÇÃO: Celly Alves, Dr. Canta Pedra, Mário Filho 

8 pensou em “PAÇO DO LUMIAR: Vereador Jorge Brito fica na Geladeira mais uma vez e três novatos são diplomados pelo PL

  1. Corrija sua postagem e faz uma pesquisa mais profunda jorge brito foi eleito pela primeira vez em 2000 e reeleito em 2004 e perdeu 2008 e voltou a se eleger em 2012 e se reeleger 2016. Portanto 4 mandatos

    • Não constam registros de eleições dele em 2000, talvez pq nessa época não tenham digitalizado. As informações contidas nessa matéria são com base nos dados do TSE.

  2. Caro Moreira procure saber e conhecer o trabalho do mesmo , está difamando e caluniando , ele já teve 4 mandatos e não dois como vc se refere, infelizmente ele não conseguiu se reeleger não por falta de trabalho , pois sempre trabalhou pelas comunidades da zona rural , quem conhece ele sabe que sempre trabalhou pelas comunidades .
    Obrigada pela atenção

    • Carissima Gisele, não estamos difamando ninguém, estamos mostrando dados. Não falei mal até pq conheço Jorge Brito e sei que é um cara gente boa. Corrigida a Matéria, em busca aprofundada consegui captar pelo google que o mesmo foi eleito em 2000 na época de Mábenes Fonseca, embora não tenha nada no divulgacand. Matéria atualizada às 12:12

Deixe uma resposta