PAÇO DO LUMIAR: Sem Dutra, PCdoB encolhe em Paço do Lumiar e deve eleger apenas um vereador; Vanusa e Orlete brigam por vaga

Legenda corre o risco, até, de não alcançar o cociente eleitoral e ficar sem representação na Câmara de Vereadores nestas eleições municipais.

blank

Reunião entre os pré-candidatos do partido é o retrato do desanimo que tomou conta do grupo da prefeita em exercício.

Dado do problema de saúde do prefeito Domingos Domingos Dutra, o PCdoB em Paço do Lumiar ficou órfão da incapacidade da inábil prefeita em exercício Paula da Pindoba e acabou encolhendo drasticamente nestas eleições.

Desse modo, a legenda gigante no Maranhão se tornou minúscula na cidade luminense, ao ponto de quando o assunto é a disputa por cadeiras na Câmara Municipal de Vereadores, na melhor das hipóteses, o partido deve eleger apenas um representante no dia 15 de novembro.

Pelos nomes que o Blog do Domingos Costa teve acesso, a vereadora Vanusa da Silva Costa Neves e sua colega de Plenário, Orlete Mafra Furtado, irão brigar a foice pela única vaga que a sigla deverá conquistar no Parlamento Municipal.

Um dos motivos para o problema na disputa por espaço na Câmara é o fato de nesse ano, a legenda não possuir quadros suficientes, isto é, uma completa ausência de “buchas”. Por essa razão, o PCdoB corre, inclusive, o risco de não alcançar o cociente eleitoral, de forma que ficaria sem eleger nenhum vereador em Paço.

A propósito, “buchas” são aqueles candidatos sem a mesma expressão política de um vereador de mandato ou nome de peso, que servem tão somente para contribuir nas urnas a alcançar o cociente eleitoral e, assim, reeleger quem já possui o cargo eletivo ou ajudar aquele que dispõe de maior estrutura de campanha.

Na íntegra do Blog Domingos Costa 

Deixe uma resposta