GREVE: Autoescolas paralisam suas atividades na próxima quinta


Durante a Reunião extraordinária convocada pelo presidente do sindicato dos proprietários de Autoeacolas, Jeferson Ribeiro, teve como pauta, três assuntos importantes, primeiro, uma solicitação de resolução da situação do sistema do detran inoperante, que sai do ar constantemente, segundo, a  falta de vagas para exames práticos de direção veicular e terceiro a PARALISAÇÃO DAS AUTOESCOLAS. 

1 – Sistema fora do ar: (entenda)

Proprietários de CFCs (autoescolas) se reclamam que ao tentar agendar exames de direção o sistema cai e ficam impossibilitados de marcar a prova, na ocasião, uns marcam mais provas outros menos, tem autoescola que marca 80 provas e outras não marcam nenhuma devido o sistema fora do ar. Isso tem gerado muitas complicações, haja vista, não ter vagas suficientes e não se ter nenhuma medida emergencial para sanar essa questão. Segundo o coordenador de informática do Detran, Jorge, se diz de mãos atadas e não se tem uma solução para solucionar essa questão, segundo ele, o sistema atual está sobrecarregado.

O Proprietário dos CFCs:  Escorcio, Proativa, Carioca, e outros, reclamam que para umas autoescolas o sistema  fica on line e para outras o sistema fica fora. Como isso pode acontecer? Retrucaram.

2- Falta de vagas para exames Práticos: (Entenda)

Segundo o Detran-Ma, vem noticiando nas redes sociais do órgão, esbanjando que já estão chegando na casa dos 100.000 (Cem mil exames) no ano de 2021, recorde de vagas. Porém, comparado a 2019 e e parte de 2020 os processos de habilitação valiam 12 meses e se encerravam. Atualmente, os processos de habilitação iniciados em 2019, receberam o benefício de não terem seus processos vencidos e agora em 2021 temos processos ativos de 2019, 2020, 2021, ou seja, nossa demanda de marcação de exames, além de candidatos repetentes, temos esses retardatários que tiveram esse benefício e querem realizar seus exames práticos. Contudo, esse “Recorde” de vagas amplamente divulgado pelo Detran-MA, não atende a demanda atual e ainda deixa as autoescolas em situação vexatória, pois, o órgão passa para a população que tem vagas além do normal, quando na realidade não tem, inclusive, várias autoescolas não conseguem marcar provas e ficam um mês inteiro sem realizar provas, as vezes dois meses.

3 – GREVE – (Paralisação)

Após votação em reunião extraordinária no sindicato das autoescolas, por unanimidade foi determinado a PARALISAÇÃO DAS AUTOESCOLAS NA PRÓXIMA QUINTA FEIRA FIA 11/11. Podendo se estender por mais dias se for necessário.

A categoria reivindica primeiramente VAGAS PARA PROVAS, Segundo, Benefícios para a categoria como isenção de IPVA para os veículos, haja vista, ter para Mototáxis, Táxis. Reivindicam também, um sistema operacional que não fique fora do ar, para que possam trabalhar e atender seus clientes sem serem hostilizados pela população que pensa que os problemas são das autoescolas, entre outras reivindicações.

 

 

4 pensou em “GREVE: Autoescolas paralisam suas atividades na próxima quinta

  1. Parabéns pela iniciativa!
    Sou servidor do Detran e acompanho esse problema, que não é de hoje, diga-se de passagem.
    Os alunos pensam que as autoescolas estão enganando eles, quando o problema, na verdade, é do Detran.
    O sistema está inoperante. Todo mundo reclama.
    Além de tudo, o diretor geral não entende nada de trânsito nem dos porocedimentos.
    O diretor administrativo só se dedica para as terceirizações ilegais, favorecendo os deles.
    O diretor operacional não sabe nem o que é Senatran.
    A Coordenadora de Habilitação é um poço de arrogância e só faz o que quer.
    Resultado é um caos geral.

  2. Tem que parar mesmo, esse sistema está caindo direto, ampliaram os locais de atendimento, porém não investiram no sistema, só em campanha política@trema

  3. A situação está insustentável no Detran. O núcleo da Diretoria do Detran está voltado para as eleições de 2022, e não para o trânsito.
    Os problemas atingem os usuários, servidores, autoescolas, despachantes, emplacadoras e demais credenciados.
    A insatisfação é geral.
    Não há esperança de solução, pois a incapacidade técnica dos diretores é flagrante.
    Uma CPI no Detran é medida de extrema urgência.
    O problema no sistema e da falta de vagas para exames práticos é pura realidade.
    Diante de todos esses problemas, o Diretor Geral do Detran está empenhado em dar capacete e curso, bem como inaugurar postos avançados ilegais.
    Ou seja, dedicado a medidas eleitoreiras, enquanto todos aqueles que dependem do bom funcionamento do Detran estão no sufoco.
    Já passou da hora de se dar um basta nisso.

  4. O povo maranhense tem que ver isso. O governo flavio dino junto com o ex prefeito de codó francisco nagib, que não disputou a reeleição por tamanha rejeição naquele município, estão transformando o Detran em comitê eleitoral. Descaso com servidores, enchem de terceirizados e estagiários, abrem postos ilegais para ganhar apoio das prefeituras e etc. É inescrupuloso.

Deixe uma resposta