Ex-prefeito de Poção de Pedras comete suicídio

O ex-prefeito de Poção de Pedras Aimoré Sá Costa, conhecido como “Bebé”, que governou Poção de Pedras entre os anos de 1993-1996, recorreu hoje ao suicídio, em seu apartamento, no Barramar, no Calhau, detonando um tiro na cabeça. Ele era irmão de Dr. Luís também ex-prefeito e considerado a maior liderança política do município.

As informações foi de que ele estaria deprimido,. Por haver contraído o coronavírus, embora tenha se curado da doença. Ano passado, ele caiu no poço do elevador do prédio onde morava e passou alguns dias internado.

Apesar de polêmico por conta da sua personalidade brincalhona, Bebé ganhou uma forte reputação como tocador de obras, construindo muitas escolas, estradas e contribuindo para o avanço da infraestrutura de Poção de Pedras, protagonizando um grande trabalho.

Ao término de seu mandato, ele se afastou da política e passou a morar em São Luís, onde exercia sua profissão de empresário até ser acometido pela doença. Mesmo afastado, ele eventualmente participava da política do seu município, chegando a ser secretário de Articulação Política, no primeiro mandato do prefeito Júnior Cascaria.

Bebé também participou de alguns atos políticos nas eleições de 2020, quando declarou apoio aos candidatos a prefeito e vice, Jhulyo e Valney. Bebé tinha 67 anos e deixa esposa, dois filhos e netos.

Deixe uma resposta