DIREÇÃO DO DETRAN REVELA QUE POSSIVELMENTE AUTOESCOLAS NÃO FUNCIONARÃO NO MÊS DE JUNHO

Autoescolas em todo o estado do Maranhão, já estão a quase 3 meses fechadas por conta dos decretos editados pelo governador Flavio Dino (PCdoB), foram essas empresas, que desde o primeiro decreto, tiveram suas portas fechadas como se estivessem cumprindo uma espécie de LockDown, pois, as autoescolas para funcionarem, precisam que o Detran esteja também em funcionamento e o que é pior, muitas pessoas não sabem que existem outras empresas que operam dentro das autoescolas, são as famosas empresas de telemetria e estas empresas por determinação do governo parou de funcionar objetivando a parada total das aulas teóricas e práticas nas autoescolas. Mesmo que o proprietário da autoescola queira abrir o estabelecimento, ele esbarra no sistema que não libera para iniciar as aulas.

Entenda um pouco o caso:

Com a obrigatoriedade do uso dos simuladores de trânsito em meados de 2015 / 2016 em todo o território nacional, empresas tecnológicas de software, credenciaram suas empresas para explorar esse nicho de mercado, ou seja, como deveria ser homologado pelo DENATRAN e as exigências são absurdas para que uma pequena empresa pudesse homologar, apenas as grandes e afortunadas empresas conseguiram se credenciar para operar nessa atividade, ou seja, uma empresa era credenciada no DENATRAN E POSTERIORMENTE NO DETRAN DE CADA ESTADO para operar dentro de outra empresa, no caso, dentro das autoescolas.

Com o fim da obrigatoriedade dos simuladores em junho de 2019, desonerou a população, facilitou o acesso a tão sonhada carteira de motorista, porém, alguns DETRAN’S, acharam viável CREDENCIAR novas empresas para monitorar as aulas teóricas e práticas, com o intuito de garantir que todas as aulas seriam ministradas, daí, surge a tal TELEMETRIA, segundo alguns Diretores Estaduais de Trânsito, revelam que a medida se deu por conta do atendimento a  Portaria 238/2014 do Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN), foi dai então, que surgiram novamente empresas (TELEMETRIA) para atuarem dentro dos Centro de Formação de Condutores (CFC’s), conhecido popularmente como autoescolas.

Vejam bem, já deu pra entender ai que autoescolas não são responsáveis pelos altos custos na aquisição das carteiras nacionais de habilitação (CNH’s) e sim o agregado de empresas que atuam dentro dos CFCs, como Clínicas Médicas, que cobram pelas consultas de Vista e Psicotécnico, Taxas abusivas dos Detran’s, empresas de Telemetria que cobram em alguns casos quase R$20,000 (Duzentos reais) e por fim, quem efetivamente trabalha no sol quente dia a dia para formar o condutor brasileiro, as autoescolas. Se formos fazer um comparativo, dentre os custos com as autoescolas e os custos com taxas, exames e telemetria, podemos afirmar que as autoescolas não cobram um valor justo para prestarem o serviço, pois, são elas que passam em média 3 meses para formar o condutor, enquanto essas outras empresas ficam no máximo um dia e outras não tem nem contato com o cliente. São essas e outras indignações que os proprietários de autoescolas carregam consigo.

Vejam bem, já que entenderam, como funciona basicamente um Centro de Formação de Condutores (CFC’s) ou autoescolas, como quiserem chamar, vamos visualizar a nossa realidade no Estado do Maranhão.

A direção do Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão, que também preside a Associação Nacional dos Detran’s (AND), em live ontem (21/05), afirmou em diálogo que é muito possível que as aulas práticas não voltem a ser operadas no mês de junho, observem que CFC’s de todo o estado do maranhão, já estão sem funcionar a quase três meses e recebem uma noticia através de live, algo que não foi nem divulgado de maneira ampla, que ainda serão banidos de trabalharem por mais um mês.

Boa parte dos CFC’s são empresas meramente familiares, pessoas que atuam dia a dia no trabalho ao lado de seus pais, esposas, irmãos e familiares. Portanto, já carregam um fardo enorme com a carga tributária altíssima, empresas e grupos empresariais de renome internacional operando e ganhando dinheiro às custas do trabalho suado daquele pequeno empresário que está lá na ponta.

Com a divulgação de que possivelmente irão ficar mais um mês parados, já circula conglomerados proprietários de CFC’s e já articulam uma manifestação na porta do Detran-MA, pois, todos os outros serviços de transporte e trânsito não pararam de funcionar, taxistas, motoristas e app, transporte coletivo, frete, todos estão funcionando e garantindo, mesmo de forma reduzida seu ganha pão, enquanto que o Maranhão está proibindo o direito ao trabalho de cada empreendedor, cito mais, os boletos, as contas fixas, energia, telefones, alugueis, e muitos outras contas variáveis também estão acumuladas em cada CFC, fazendo tais micro e pequenos empresários do ramo ficarem a ponto de sairem correndo e pedirem socorro a quem quer que seja.

Fica o apelo, a população em geral que adira o movimento das autoescolas, para a VOLTA AO TRABALHO, assim como os caminheiros fizeram quando paralisaram o país.

#PrecisamosDasAutoEscolas

#SomosTodosAutoescola

E que o Detran – MA, siga o exemplo do Estado de Minas Gerais (MG) que já está operando com as autoescolas e formando os cidadãos para contribuir com um transito seguro, claro que as medidas de segurança sanitária não poderão ser esquecidas, mascaras, álcool em gel etc.. Segurança no trânsito e com a saúde.

 

Deixe uma resposta