DETRAN MA: No primeiro dia do mês de setembro, autoescolas reclamam que não há mais vagas para realizar exames práticos

Detran-MA

Por conta da pandemia, desculpa utilizada para continuar prestando um serviço de péssima qualidade”, o Detran – MA, não disponibiliza vaga suficiente para o município de Paço do Lumiar-MA. Os proprietários de autoescolas do município estão passando o maior constrangimento com alunos e pais de alunos que cobram a prova marcada e não conseguem agendar o exame, pois, as pouquíssimas vagas que foram lançadas para o mês de setembro foram preenchidas em apenas um dia. Para se ter ideia da situação, o DETRAN lançou no sistema para o dia 01 de setembro (hoje) apenas  14 vagas, mostrando um certo desrespeito com a coisa pública, gerando desperdício no tocante a estrutura do governo que tem que se deslocar de são luis apenas para realizar 14 provas categoria “B” carro sendo que existem 8 autoescolas no município, ou seja, seria uma média de menos de duas provas por autoescola nesse começo de mês. Ainda tem outra problemática, as vagas são lançadas no sistema de forma escassa e fica lá disponível para que a autoescola efetue a marcação e houve uma autoescola que teve queda de energia e os computadores ficaram desligados, quando a CEMAR resolveu o problema, a autoescola não conseguiu marcar uma prova se quer e o DETRAN não se responsabiliza e nem lança novas vagas para sanar o problema da autoescola em questão.

Ao todo, o DETRAN-MA, laçou 255 para o mês de Setembro no município de Paço do Lumiar, uma média de 30 vagas para cada autoescola, algo surreal e fora da realidade do município, uma vez que existem exames todo santo dia no município de São Luís e sobram vagas. A situação ainda fica pior em municípios do interior do Estado, aonde TODOS ESTÃO COM PROBLEMAS NESSE SENTIDO, CITO ALGUNS: Colinas, Barreirinhas, Axixá, Santa Luzia, Rosário, Raposa, etc…

Vale ressaltar, que as vagas do mês de setembro acabaram antes mesmo de iniciar o mês, quando saíram as vagas, no mesmo dia se encerrou. quem marcou, marcou. Quem não marcou que fique com seus problemas.

“Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come! E o pior que a gente nem pode reclamar e nem falar nada, porque esse povo do detran é vingativo e fica marcando a gente. Ainda bem que tem esse canal de denúncias pra tentar mostrar um pouco da situação caótica que vivemos”. Comentou um dono de autoescola que não quis se identificar.

Outra situação que está levando os donos de auto escola a loucura, são as empresas de TELEMETRIA, para quem não sabe do que se trata, essas empresas são responsáveis pelo monitoramento das aulas, para aferir se o aluno efetivamente está pegando aulas e o instrutor ministrando. Ocorre que essas empresas são responsáveis em lançar essas aulas no sistema do detran e a demora para o lançamento esgota todos os tipos de paciência possível, tanto do aluno como da autoescola. Empresas essas Itrânsito e Grupo CRIAR, as únicas credenciadas no Maranhão para prestarem o serviço, deitam e rolam e a direção do detran não as pune e o Sindicato das autoescolas (SINDAUMA) acompanha de camarote sem dizer nada, enquanto isso, as autoescolas se tornam o para-choque de pancadas dos alunos e absorvem todo tipo de porrada, enquanto DETRAN E SINDAUMA, não emitem uma nota se quer para explicar a situação.

Entramos em contato com o setor de Divisão de Legislação para colher algumas informações e a pessoa que atendeu informou que não se tem previsão de quando será lançadas novas vagas de prova, como de costume, colocou a culpa na Pandemia e informou que dentro dessas vagas citadas acima, foram inclusive lançadas vagas EXTRAS,  pasmem, essa quantidade de vagas lançadas ainda incluem vagas extras e o que é pior, essas vagas extras foram lançadas sem aviso prévio aos CFCs do Município, gerando espaço para uma possível corrupção, pois, quem abriu o sistema na hora que a vaga foi lançada marcou quem não abriu ficou de fora.

Nazaré Nunes

A pessoa responsável pela organização das provas é a conhecida Nazaré, protagonista e velha conhecida dos blogs por ser arrogante no trato ao usuário e a donos de Centro de Formação de Condutores, conhecida também por inventar procedimentos para burocratizar o processo de habilitação e impor suas “ordens arbitrárias”, inclusive, estivemos presente semana passada em sua sala e a mesma já nos afirmou que vem ai um memorando cobrando mais tarefas aos CFC’s, como se os mesmos não tivessem trabalho a executar no dia-a-dia.

Deixe uma resposta