DETRAN-MA: Diretora Geral Larissa Abdalla (PDT), usa presidente de sindicato de autoescola para pedir dinheiro

Jeferson Campos (SINDAUMA)

Diretora do Detran usa presidente do sindicato para chantagear os proprietários de autoescolas. Segundo o presidente do Sindicato dos proprietários dos Centros de Formação de Condutores do Maranhão (SINDAUMA) Jefferson Campos, a Diretora do órgão só vai disponibilizar exames práticos para o município de Paço do Lumiar se os proprietários de autoescolas arcarem com as despesas de álcool gel e uma pia para receber os funcionários do Detran. Pasmem, é verdade! O áudio abaixo corrobora a informação. donos de autoescola precisam fazer uma “vaquinha” para disponibilizarem todos os materiais possíveis de combate ao corona vírus, ou não haverá provas de direção no município. Paço do Lumiar fica a 26km de São Luís-MA, e faz parte da grande ilha e ainda assim sofre com esse impasse, o que mais preocupa são os proprietários de autoescola do interior do estado, que estão largados à sorte sem nenhuma perspectiva de quando irão realizar provas práticas, alguns deles já faliram e outros estão se desfazendo de suas empresas, vendendo carros, motos e tentando outro ramo, pois, com essa gestão só há imposição e inflexibilidade.

Os Centros de Formação de Condutores (CFC’s, autoescolas), Clínicas médicas, despachantes e fabricantes de placas, foram os primeiros a pararem por conta dos decretos editados pelo governador Flávio Dino (PCdoB), pois, o segmento opera de acordo com o funcionamento do órgão. Entretanto, com quase três meses parados, dia 10/06 foi liberado para as autoescolas operarem, porém, com uma série de exigências um tanto até que absurdas para que haja o combate efetivo do Covid-19.

Diretora do Detran Larissa Abdalla (PDT)

O fato é que a Diretora Geral do Detran – Ma, Larissa Abdalla, reuniu-se com o presidente do Sindauma e informou que não iria manter exames em municípios que não tem banca fixa, ou seja, haveria exames de direção apenas em são luis (sede) e em algumas Circunscrições Regionais de Transito (CIRETRAN), o que inviabilizará novamente todas as autoescolas que dependem das provas marcadas para que o aluno possa treinar. Vale ressaltar, que os alunos só se sentem a vontade para treinarem se estiverem com seu exame marcado, é natural que os mesmos queiram treinar próximo da data de seu exame.

“Eu não vou comprar álcool gel para disponibilizar para os funcionários do Detran, pois, o órgão é uma autarquia e tem muito dinheiro. A partir do momento que a banca examinadora vem realizar os exames práticos de direção, a responsabilidade de disponibilizar tais materiais é do órgão. A partir do momento que os alunos se apresentam para realizarem o exame prático, até o aluno está sob tutela do órgão também. Quem tem que se preocupar em conseguir álcool gel e outros materiais de combate ao corona vírus no dia do exame é o Detran. Já temos muitas despesas com as aulas práticas que estamos sendo obrigados a trocar os plásticos dos carros de 50 em 50 min (a cada troca de aluno) e agora me vem mais essa? Essa diretora não fez nada pela categoria nem escuta a gente e ainda usa nosso presidente para pedir dinheiro pra gente para que ela possa mandar uma banca? Isso nada mais é que uma chantagem e estamos calados e aceitando tudo de goela a baixo”. Comentou um proprietário de autoescola que não quis se identificar com medo de represálias 

Proprietários de Autoescolas, não andam satisfeitos com a gestão do presidente do sindicato Jeferson Campos (SINDAUMA), muito menos com a Diretora Geral Larissa Abdalla (PDT). Pois, ambos não encontram solução para nada, só burocratizam o setor. Pensam e emitem ações com base na burocracia e na falta de diálogo com a categoria e assim o tempo vai passando. Alguns proprietários de autoescolas ainda arriscam a afirmar que Larissa Abdalla está sendo a pior gestora que o órgão já teve ao longo de sua existência.

Os ânimos estão exaltados por todos os lados. A insatisfação dos segmentos citado no início da matéria é geral. Inclusive os despachantes já demonstraram sua indignação (REVEJA AQUI) com a forma de conduzir da diretora que mais parece uma “sargentona”, pois, segundo interlocutores bem posicionados, a mulher só abre a boca para mandar e desmandar e ai de quem se opor às suas ordens que ela atropela. Mais uma vez tentamos entrar em contato com o Detran para que tivéssemos mais informações a respeito dessa espécie de “chantagem”, porém, ninguém atendeu o telefone novamente.

 

 

1 pensou em “DETRAN-MA: Diretora Geral Larissa Abdalla (PDT), usa presidente de sindicato de autoescola para pedir dinheiro

Deixe uma resposta para Marcos Coutinho Cancelar resposta