DETRAN MA: Despachantes denunciam que empresa foi contratada sem licitação para fazer vistoria eletrônica com valor acima de 300% do que é praticado

O Presidente do sindicato dos despachantes do Estado do Maranhão, faz grave denúncia contra o Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN-MA), Carlos, afirma que o órgão contratou uma empresa de nome VISUAL que  se encontra instalada dentro do detran, fazendo os serviços de despachante, sendo que um serviço cobrado pelos despachantes para fazer uma simples vistoria eletrônica custa R$ 30,00 (trinta reais), para o usuário do serviço, enquanto que a empresa contratada pelo órgão está cobrando  R$ 115,00 (cento e quinze reais).

Sabemos que nesta época de pandemia, o setor de autoescola, bem como clínicas médicas, emplacadoras e despachantes, foram os primeiros a pararem suas atividades, pois, trabalham de acordo com o funcionamento do DETRAN-MA. Com os vários decretos de isolamento social emitidos pelo governador Flávio Dino (PCdoB), inclusive de Lockdown na grande ilha, impossibilitou todos esses profissionais a trabalharem, fazendo com que várias destas empresas deixassem de existir.

Não houve até o momento nada que viesse a beneficiar tais classes, ou seja, só imposição. Sabemos da gravidade da situação com relação ao COVID-19, porém, os gestores do órgão estadual também conhecem a realidade desses segmentos e têm a ampla certeza que tais medidas de paralisação de 100% das atividades impactaria diretamente na continuação da atividade, pois, muitos já faliram. Outros segmentos, funcionaram de forma parcial, conseguiram cortar na carne e estão aí sobrevivendo. Nós, sofremos “Lockdown” desde o primeiro decreto do governador”.  Comentou Gilcilene despachante.

O que mais está incomodando é o fato do órgão contratar sem licitação uma empresa para atuar no segmento de despachantes, praticando valores absurdos para o usuário e ainda tirar um serviço do setor de despachante (vistoria eletrônica).

Larissa Abdalla PDT) Diretora Geral do Detran-MA.

O Presidente do Sindicato dos Despachantes, ainda faz um apelo para que a Diretora do Órgão, Larissa Abdalla (PDT), possa marcar uma reunião urgente para que a categoria seja ouvida, pois, as coisas acontecem no DETRAN sem que haja nenhum tipo de conversação com a categoria. Esse tipo de queixa não parte apenas de despachantes, é geral. Já é comum a referida diretora não fazer reuniões com a categoria e tomar decisões unilaterais. Muito competente, articulada e sempre com a resposta na ponta da língua, a Diretora pensa que vai conseguir levar tudo na garganta sem ouvir quem está na ponta da lança, e isso está gerando desconforto em todos os segmentos que trabalham junto ao departamento.

Tentamos entrar em contato com a direção do Departamento Estadual de Trânsito do Estado do Maranhão (DETRAN-MA), para solicitarmos mais informações a respeito do caso, porém, ninguém atendeu o telefone.

Com a Palavra, A diretora do Órgão Larissa Abdalla (PDT), caso queira se pronunciar a respeito. Contudo, a população solicita ao Ministério Público que tome as devidas providências para apurar a denúncia.

 

6 pensou em “DETRAN MA: Despachantes denunciam que empresa foi contratada sem licitação para fazer vistoria eletrônica com valor acima de 300% do que é praticado

  1. A Diretoria do Detran faz o que quer, e o Ministério Público nunca aparece por lá. Incrível isso!
    É essa empresa de vistoria terceirizada, é terceirização de mão de obra ilegal, contrato milionário com empresa advocacia, várias Hiluxs locadas utilizadas sem caracterização, enfim… A farra cotre solta.

  2. Sou servidor do Detran. É exatamente isso que ocorre. Todos os vistoriadores concursados foram removidos para outros funções. Quem faz a vistoria é pessoal terceirizado, o que é ilegal, uma vez que não possuem fé pública.

  3. Sou servidor do Detran MA. E é por aí mesmo, essa terceirização aí em areas que não é pra ser , principalmente pessoas que praticam corrupção e nada é feito por essa diretora que encobertou tudo

  4. O pior é que o governador tem todo mundo no bolso e por isso fazem o que querem. Detran continua sendo curral eleitoral e vésperas de eleições são sempre assim, enchem o órgão de contratados, enquanto isso os servidores efetivos são caçados e perseguidos, não são valorizados e tratados como lixo pela própria diretoria do Detran-MA

Deixe uma resposta