DETRAN MA: COORDENADORA DE HABILITAÇÃO BUROCRATIZA E ATRAPALHA PROCESSO DE ALUNO DEFICIENTE

Nazaré Nunes, Coordenadora de Habilitação do Detran – MA

A coordenadora de habilitação do Detran – MA, Nazaré Nunes, teve a iniciativa hoje de BUROCRATIZAR e atrapalhar o processo de habilitação de um candidato a habilitação. Ocorre que os exames práticos realizados pelos candidatos à habilitação que são portadores de necessidades especiais (PNE) é um pouco diferente do tradicional, pois, os candidatos devem fazer uma série de procedimentos até a chegada do exame prático de direção veicular.

Contudo, uma autoescola que cuida do processo do candidato e está à frente das aulas práticas para que o candidato a habilitação especial se dirigiu hoje (26/08) ao Detran , com uma DECLARAÇÃO para fazer o agendamento do exame prático de direção para o dia 24 de setembro (a data mais perto que tem no sistema para realizar a prova no município de Paço do Lumiar) e ao receber a documentação, a coordenadora de habilitação mesmo lendo o teor do documento CONFORME DOCUMENTO EM ANEXO, se recusou a fazer o agendamento da prova do candidato, pois, segundo ela, o nome a constar em cima da redação deveria ser PROCURAÇÃO e não DECLARAÇÃO. Parece brincadeira, mas, a chefa de habilitação barrou o agendamento da prova do aluno que é Portador de necessidades especiais por conta do título, prejudicando e atrasando o processo do aluno por um mero capricho.

Pasmem, a declaração tem em sua redação a seguinte frase: “Autorizo o Centro de Formação de Condutores xxxxxxxx a MARCAR O EXAME PRÁTICO” entre outras atribuições, mesmo com essa redação a coordenadora se negou a atender por conta do título do ofício. O Detran Ma, já possui várias reclamações a respeito do péssimo atendimento que o órgão disponibiliza a população, as reclamações em sua grande maioria se trata sobre o excesso de BUROCRACIA que ao longo da gestão do governador Flávio Dino se arrasta com maior frequência.

Baixe a DECLARAÇÃO em PDF que foi recusada pela Coordenadora de habiltiação Nazaré Nunes, CLICANDO AQUI!

Nessa questão específica, o proprietário da autoescola se dirigiu a sede do DETRAN – MA, vindo de outro município, PAÇO DO LUMIAR, tendo que voltar para casa que fica em outro município sem resolver nada, por conta dos excessos de exigências e abuso de autoridade da mesma.

Nazaré, como é conhecida, já tem fama de criar problemas, BUROCRATIZAR e inventar procedimentos com a finalidade de amaranhar processos e atrasar a vida de usuários e proprietários de CFC’s que na maioria das vezes evitam fazer denúncias sobre sua truculência e falta de tino no tratamento ao público e proprietários por conta do medo de represálias, uma vez que a maioria dos proprietários são obrigados a tratar alguns assuntos sobre habilitação apenas com ela.

Já houve vários casos em que a mesma teve que se ausentar para reuniões e não haver ninguém para substituí-la, parando completamente o atendimento ao público e aos CFC’s que têm que se contentarem em esperá-la (caso volte no mesmo dia) ou voltar em outro dia no caso em que ela tenha viajado ou esteja doente. Um proprietário de autoescola se queixou para nossa equipe, informando que já houveram várias vezes de alunos perderam o processo de habilitação por conta das viagens e da ocupação da servidora que está repleta de tarefas e somente ela tem a senha do sistema e não treina ninguém para substituí-la, engessando o setor e não dando oportunidade para que a população tenha um serviço de qualidade.

Vale ressaltar também, que o Presidente do Sindicato das autoescolas Jefferson Campos (SINDAUMA), estava presente e nada fez para mediar a situação e resolver o imbróglio, uma vez que se tratava apenas de um pequeno detalhe, nada de ilegal ou que venha a desabonar a conduta do servidor público. Jefferson, por sua vez, vem recebendo várias críticas da categoria por não está correspondendo com a categoria que o elegeu, pois, só vive no DETRAN “passeando” e não se tem nada de efetivo para a categoria, no que diz respeito a benefícios concedidos a cerca da luta pela classe.

Ao sair do DETRAN pela tarde, aproveitamos e falamos com o Sr. Paulo Nina da Silva Santos, que se encontrava insatisfeito no pátio e reclamava que nunca conseguia fazer o agendamento on-line para ser atendido no órgão e com muita reclamação e informando que não sabia operar com internet para fazer tal agendamento, foi atendido por um colaborador muito educado que fez o agendamento do senhor e lhe entregou o documento de agendamento do serviço ao qual foi agradecido, porém, o usuário disparou: Muito obrigado meu jovem, pelo menos com confusão resolvi, já que ninguém atende o telefone para que eu pudesse fazer meu agendamento.

DETRAN-MA, estava parecendo um deserto, não tinha quase ninguém sendo atendido, vários guichês com funcionários ociosos por conta da falta de usuários. Sabemos da Pandemia e do controle, porém, trabalhar com número reduzido é uma coisa, paralisar ao ponto de ter agendamento para daqui a 10 ou 20 dias é o cúmulo, isso quando se tem vaga no site para agendar, pois, geralmente nunca tem vaga, comentou outra pessoa que não quis se identificar.

Durante a semana iremos informar mais umas coisas referentes à averbações de outros estados e outras reclamações do usuário.

Deixe uma resposta