DETRAN: Larissa Abdalla tenta lubridiar servidores e BPRV

Foto divulgada em suas redes sociais aonde a diretora “Firma” convênio com a EDUFOR

A Diretora Geral do Detran-Ma, não se emenda. Desta vez, publicou em suas redes sociais uma parceria feita entre DETRAN E O grupo EDUFOR, aonde oferece alguns cursos gratuitos entre outros benefícios aos servidores do órgão e ao BPRV. Ocorre, que tal “benefício” é disponibilizado para toda a sociedade e não apenas para os servidores do Detran e policiais militares do BPRV. Com isso, ao descobrirem a jogada de marketing, servidores e dependentes se sentem lubridiados, enganados…

Ao anunciar a parceria com uma faculdade em suas redes sociais, servidores de CIRETRAN’s de todo o Maranhão, Sede e funcionários de postos avançados, classificaram a informação como fake news, pois os serviços anunciados pela diretora são oferecidos gratuitamente pela instituição de ensino para toda a sociedade.

Há 8 (oito) anos com seus salários congelados, os servidores do Detran estão revoltados com essa situação, a qual consideram uma falta de respeito, sobretudo porque a diretora divulga em suas redes sociais, induzindo a sociedade a crer que eles são valorizados. Vergonha!

Isso, só aumenta nossa insatisfação com essa diretora que vive a massacrar a gente. Quem olha ela pensa que é um anjo, quem convive é que conhece, só o governador Flávio Dino que acredita que ela tá fazendo um bom trabalho no DetranMA. Comentou uma servidora que não quis se identificar com medo de represálias.

Comentário feito pela diretora em suas redes sociais

Acreditamos que devido a péssima atuação da gestora frente ao Detran, impulsionou-a a se vangloriar em ter firmado uma parceria que mais ajuda a EDUFOR, que propriamente os servidores…

A diretora em questão, está em maus lençóis, pois, os servidores e toda a categoria já pede sua cabeça ao governador e o mesmo se esconde atrás do senador Weverton Rocha (PDT), para manter a gestora no cargo.

Segundo interlocutores bem posicionados, o nome da Diretora Larissa Abdalla (PDT), já está na lista de cortes de Flávio Dino, que por sua vez, ainda segura a mesma para não se indispor com o senador Weverton. Contudo, o vice-governador Brandão, está de olho no órgão, pois, a ideia é que o cargo fique a disposição do partido Republicanos e o nome a ser escolhido, passará pelo crivo do deputado Duarte Júnior e aval de Brandão, ambos do partido Republicanos.

ENTENDA O CASO:

A parceria feita entre o DETRAN e o Grupo EDUFOR, se trata de um grande engodo, senão vejamos:

Toda faculdade (Universidade ou Centro Universitário) oferece serviços para a comunidade, serviços estes relacionados aos cursos que disponibiliza a seus alunos, sendo a maioria deles de forma gratuita.

O INTERESSE é da instituição acadêmica, pois oferecem prática para os seus alunos, e para a comunidade carente, que não pode pagar (muitos servidores do Detran encaixam-se nesse perfil).

Na UFMA e na Universidade Ceuma, por exemplo, há essa mesma prestação de serviços, só que com um rol bem mais abrangente (serviços médicos, odontológicos, fisioterapia, psicólogos, advocacia etc.).

Ou seja, os descontos nos cursos e atendimentos que a diretora festeja ser um convênio com a Edufor, em verdade, estão disponíveis para toda a sociedade (basta ver no site da faculdade).

Em realidade, a Edufor é quem está sendo beneficiada, pois utilizará o Detran (estrutura e os servidores) para oferecer prática aos seus alunos.

Entenderam agora?

Essa “jogada de marketing” feita por Larissa Abdalla (PDT), em suma, foi uma estratégia desesperada de tentar mostrar serviços relevantes ao governador Flávio Dino (PCdoB), que já está com seu nome na lista de cortes do governo, por outro lado, pegaria de surpresa os servidores menos informados e os “agradariam”, porém, com toda essa articulação à tona, só deixou a diretora sem moral e com as “calças nas mãos”.

Vejam abaixo, as fotos que comprovam que o Grupo EDUFOR, mantém essa mesma “Parceria” com toda a sociedade…

MATÉRIA: Moreira Neto

EDIÇÃO: Mário Filho

13 pensou em “DETRAN: Larissa Abdalla tenta lubridiar servidores e BPRV

  1. Verdade. Esses serviços são oferecidos gratuitamente por várias faculdades. Eu mesmo já fiz tratamento odontológico no Ceuma do Renascença.
    Mentira tem perna curta.

  2. Engraçado, se qualquer pessoa for a essa clínica poderá realizar os mesmo servios. Parceria? conversa pra quem não busca informações, mais uma da diretoria do Detran.

  3. Isso é uma falta de respeito com os servidores. Vá ela fazer tratamento odontológico e fisioterapia lá, e não nós servidores.
    Quanta humilhação!
    As ilegalidades das quais ela é conivente não são postadas nas redes sociais dela.

  4. Bem conveniente para tentar limpar a atual imagem da Diretoria do órgão. Enquanto são feitas essas “parcerias”, o DETRAN/MA que já possui uma clínica odontológica está com suas atividades barrada pela falta de recursos que órgão se nega à fornecer. Como diria o grande Shakespeare: ” Há algo de podre no reino da Dinamarca!”

  5. Bem conveniente para tentar limpar a atual imagem da Diretoria do órgão. Enquanto são feitas essas “parcerias”, o DETRAN/MA que já possui uma clínica odontológica está com suas atividades suspensas pela falta de recursos que órgão se nega a fornecer. Como diria o grande Shakespeare: ” Há algo de podre no reino da Dinamarca!”

  6. Não há, no Detran, nenhum plano de valorização dos servidores. Ao contrário, impera é a desvalorização. Medidas como a mencionada na reportagem são utilizadas tão somente com objetivos midiáticos, causando a falsa impressão, sobretudo para a sociedade, de que a diretoria do Detran tem apreço pelos servidores. Ledo engano!
    A realidade atual é que os servidores do Detran de todo o Estado do Maranhão estão insatisfeitos, desmotivados e não veem a hora de ocorrer uma mudança total no quadro de diretores dessa autarquia.
    Uma greve geral ainda não ocorreu por conta da pandemia, mas os ânimos dos servidores caminham nesse sentido.
    É questão de tempo.

  7. O Sindicato dos Servidores do Detran possui um consultório odontológico pronto para atendimento, mas que se encontra parado por falta de profissionais.
    Um projeto foi apresentado para a Diretoria Geral do Detran, no qual, por apenas 10 mil reais mensais, uma parceira forneceria profissionais de várias especialidades, diversos procedimentos e até os materiais, com atendimento para todos os servidores e seus dependentes, mas a diretoria negou por duas vezes o pedido.
    Em contrapartida, só de água mineral em garrafinha para os setores privilegiados, o gasto é muito superior ao que seria gasto com o atendimento odontológico especializado para todos os servidores do Detran.
    Que valorização é essa?
    Essa tal parceria não passa mesmo de um engodo.

  8. Sempre foi assim. O primeiro plano de “valoriza-cão” da diretora foi justamente um paliativo de Ginástica Laboral, mal elaborado, que só existia na sede, nem nos postos ela teve trabalho de ir além. Treinamentos praticamente inexistem no DETRAN, temos um RH super fraco. E reajuste, que nem é politica de valorização, mas é acima de tudo, obrigação, nunca mais vimos. Temos um tiquete-alimentação defasado, que hoje compra menos arroz que um ano atrás. Infelizmente teremos de assistir cada vez mais o desânimo dos servidores.

Deixe uma resposta